Que peso posso elevar com o meu empilhador?

Conheça a capacidade correta para o seu empilhador

Como calcular a capacidade real de um empilhador

Qualquer operador de empilhador sabe que, carregar e manobrar um empilhador, é mais difícil do que parece. Recolher, transportar e colocar uma carga com segurança, envolve um complexo ato de equilíbrio com a força da gravidade. Da mesma forma, a capacidade de carga de um empilhador é um tópico mais complexo do que pode parecer à primeira vista. Se um empilhador tem uma capacidade nominal de 2,0 toneladas, isto não significa necessariamente que elevará cargas até esse peso. Neste guia, respondemos a algumas das perguntas mais comuns sobre a capacidade do empilhador e mostraremos como calcular o peso máximo que um empilhador pode realmente elevar.

Qual é a diferença entre Capacidade de carga e Capacidade residual?

centro de carga empilhadores toyota

Um empilhador indicará a sua capacidade de carga ou capacidade nominal. É calculada como o peso máximo que pode elevar a uma altura pré-determinada, quando o seu centro de carga está num determinado ponto.

Se a carga precisar de ser elevada acima dessa altura ou o centro de carga estiver mais afastado, a capacidade será mais reduzida. Isto é a capacidade residual: a capacidade real de elevação numa determinada situação, que pode ser menor do que a capacidade nominal.

O que é o Centro de carga?

O centro de carga é a distância horizontal da face vertical dos garfos ao centro de gravidade da carga. Os centros de carga standard variam dependendo da capacidade nominal do empilhador e serão um dos seguintes:

0 – 1.000 kg: 400 mm

1.001 – 5.000 kg: 500 mm

5.001 – 10.000 kg: 600 mm

Em alguns casos, o centro de carga de um empilhador pode ser diferente do exemplo normalizado acima, então certifique-se sempre de verificar a ficha técnica do empilhador que está a considerar.

Como podem os acessórios do empilhador afetar a capacidade?

Adicionar um acessório ao empilhador reduz a sua capacidade de elevação, em primeiro lugar por causa do peso adicional e, em segundo lugar, porque normalmente move o centro de carga do empilhador mais para frente. Se estiver em dúvida sobre o quanto um acessório reduzirá a capacidade de um empilhador, fale com a nossa equipa antes de comprar.

Qual a capacidade que eu realmente preciso?

Vai sempre depender do tipo de carga que deseja transportar, bem como da altura que precisa para elevar a carga. Para começar, aqui estão algumas questões que deve considerar:

  • Qual é o peso da minha carga? Considere o peso da palete mais pesada que precisa de transportar durante as operações. É melhor errar por excesso em vez de arriscar sobrecarregar um empilhador.
  • Qual a altura que preciso para elevar as minhas cargas? Meça a altura da prateleira mais alta que precisa alcançar e adicione uma margem de segurança de 200 mm.
  • Qual é o comprimento da minha maior carga? Lembre-se de que cargas mais longas podem empurrar o centro de carga.
  • Que tipo de acessórios usará o empilhador? Lembre-se de levar em consideração o seu peso e posição.

Capacidade nominal e residual - um exemplo com Traigo 48

A capacidade de carga nominal de um empilhador é baseada no modelo e está diretamente relacionada ao contrapeso da máquina. No exemplo abaixo, o Traigo48-8FBE16T tem uma capacidade nominal de 1,6 toneladas. Na tabela, pode ver que a máquina tem uma capacidade residual de 1,6 toneladas com um centro de carga de 500 mm até a altura indicada de 5000 mm.

No entanto, se quiser elevar a carga acima de 5000 mm ou se o centro de carga for movido, verá que a capacidade real de elevação diminui, que é o que chamamos de capacidade residual. Outros fatores que têm impacto no centro de carga, como acessórios, comprimento dos garfos, formato da carga, etc., também serão refletidos na capacidade residual. Se um ou mais desses fatores afetam o centro de carga, empurrando-o, por exemplo, para 1000 mm, pode ver na tabela que a capacidade residual é de apenas 990 kg.

Resultado de capacidade residual

Com capacidade nominal de 1,6 t para Traigo48-8FBE16T

  Centro de carga (mm)
Altura (mm) 500 600 1000
3000 1600 1420 990
4000 1600 1420 990
5000 1600 1320 930
6000 1510 1160 800
7000 750 660 460
7500 550 490 340

* A capacidade nominal descreve o peso máximo que um empilhador pode elevar até uma determinada altura no centro de carga normalizado.

Nominal capacity

Segurança primeiro

empilhadores segurança

Para garantir a segurança dos seus funcionários, é crucial calcular primeiro a altura máxima e o centro de gravidade das cargas e espaços de armazenamento com que trabalha. Em seguida, certifique-se de que os seus empilhadores podem executar esses trabalhos - o que significa verificar não apenas a sua capacidade nominal, mas também a sua capacidade residual.

Cada empilhador tem um gráfico de capacidade de carga que indica o peso real que este pode elevar em várias alturas e centros de carga. Isto ajudará a determinar se o empilhador que está a ponderar comprar é adequado para as operações que tem em mente.

A Toyota Material Handling oferece uma ampla variedade de empilhadores, desde opções elétricas de 1 tonelada (3 rodas) até 8 toneladas em empilhadores elétricos ou de combustão interna. Para descobrir que empilhador é a escolha certa para si, conheça agora a nossa gama ou entre em contacto com a nossa equipa.

Descobrir gama

Ainda tem dúvidas?

Empilhadores Elétricos Contrabalançados

Os empilhadores contrabalançados elétricos Toyota Traigo estão disponíveis como modelos de 3 ou 4 rodas de diferentes capacidades para uma variedade de aplicações no interior e no exterior.

Saiba mais >

Empilhadores IC Térmicos Contrabalançados

Os empilhadores contrabalançados térmicos IC Toyota Tonero possuem um motor industrial Toyota para operações de alta performance e baixo consumo.

Saiba mais >

Limpar tudo